Ardência na boca pode ser doença! 

Você sente a boca arder com frequência, mesmo sem ingerir alimentos ou bebidas que possam ter provocado essa sensação? Seu paladar está alterado, e qualquer coisa que você come parece estar apimentada? Você pode ter a Síndrome da Boca Ardente (SBA) e deve procurar um dentista.

A doença, de difícil diagnóstico, afeta principalmente mulheres que já passaram pela menopausa, porém, pode acometer pessoas de várias idades.

A SBA é uma síndrome, mas a boca permanece com aspecto normal e não apresenta alterações clínicas. Os sintomas são sensação de queimação generalizada na cavidade oral, principalmente na língua. “O que se entende hoje é que há uma alteração da sensibilidade, algum desequilíbrio das terminações nervosas. Os pacientes têm essa sensação da ardência porém não há disfunção aparente”, explica Carlos Eduardo Ribeiro Silva (CROSP 51201), dentista especialista e mestre em Estomatologia.

Segundo o dentista, o diagnóstico dessa disfunção é feito por exclusão, uma vez que não existe um exame específico que ofereça um resultado taxativo a respeito da SBA. No entanto, é importante que o profissional de saúde esteja atento, pois algumas doenças, como diabetes ou alterações na tireoide, podem causar a diminuição do fluxo salivar, o que interfere no funcionamento das papilas gustativas.

Quando a boca fica mais seca do que o normal, as papilas funcionam de maneira inadequada, o que pode prejudicar o paladar e desencadear a ardência bucal. Porém, esse quadro é passageiro: tratadas as enfermidades, a salivação volta ao normal. “Para chegar a uma conclusão do diagnóstico de SBA é preciso excluir uma série de outras possibilidades e, pelas característica da queixa do paciente, fechar diagnóstico”, alerta Silva.

A síndrome é uma doença sem causa aparente, porém é frequentemente encontrada em pessoas com problemas psicológicos prolongados. “Situações que fogem da rotina, como ter um ente querido internado por muito tempo ou questões financeiras sem resolução, por exemplo, podem desencadear a SBA”, explica o dentista.

Após o surgimento dos sintomas é preciso procurar tratamento ao invés de tentar se acostumar com a dor. Silva explica que realiza um procedimento para dessensibilizar os pacientes utilizando capsaicina, princípio ativo da pimenta. “Utilizamos a capsaicina de forma progressiva até que o paciente fique tolerante à sensação de ardência, como as pessoas que estão acostumadas a comer alimentos picantes”, explica.

Para aliviar a dor nas fases mais agudas da doença uma dica é chupar gelo. Além de colaborar para diminuir a sensibilidade, ele também colabora para umedecer a boca.

Fonte: Msn e Canal Periodontus

 

15 mil produtos em um só clique! Surya Dental a dental online.

Quer receber nossas novidades? Deixe seu e-mail.

Deixe um comentário

2 comments

  1. Zildea

    A minha queimação tira alegria de tanta que queima a boca já não estou aguentando e muito ruim me ajuda por favor e todos os dias deixo de sair pois dói mesmo eu como gengibre vivo com chiclete o dia inteiro toma Aqua tenho 68 anos tenho está ardências quando eu coloquei implante4 e não pude colocar os dentes tenho uma agonia na boca horrível me ajuda te já fis 3cirurgia de coluna a última coloquei 20 parafusos fiquei sem andar um ano já estou andando com dificuldade mais assim mesmo trabalho sou Cabelereira sou muito alegre mais tomo remédio para depresao Me ajuda por favor Obrigada❤️❤️❤️❤️❤️❤️

    • Olá, Zildea.
      Sentimos muito, entendemos que sua situação não deve estar fácil. Somos uma distribuidora de produtos odontológicos e não podemos te ajudar.
      Procure seu dentista de confiança e relate tudo o que vem acontecendo, com certeza seguindo as orientações profissionais seus sintomas irão passar.