Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Seis erros cometidos com a saúde bucal durante as férias escolares

Para muitas crianças, férias escolares significam bem mais do que não ter a obrigação de estudar e fazer lição de casa. É comum, também, que regras, como horário para dormir e acordar e cuidados pessoais, como banho e higiene dental sejam deixadas de lado. A cirurgiã-dentista Sandra Kalil aponta que, normalmente, os pequenos acham que, por estarem de férias, podem escovar os dentes quando bem entenderem, em algum momento depois de acordar, e que isso basta! Mas este é um erro que deve ser corrigido o quanto antes pelos pais. “Não é possível tirar férias dos dentes. O preço pode ser alto demais”, alerta a especialista. Veja os principais erros relacionados à higiene bucal durante as férias:
Não dar bom exemplo
Entre oito e treze anos, é comum a criança (ou pré-adolescente) manifestar má vontade para cumprir tudo o que julga ‘obrigação’. Daí a importância de os pais fazerem da hora da escovação um momento divertido desde cedo, principalmente dando bons exemplos. “Já que muita criança reluta em ir para a cama no horário estabelecido pelos pais durante as férias, é importante desvincular a higiene bucal desse momento. Considere, nesse caso, ir com seus filhos escovar os dentes e usar o fio dental logo depois do jantar. É melhor realizar a escovação duas horas antes do que correr o risco de a criança dormir sem fazer a higiene apropriada”, diz a cirurgiã-dentista.
Fazer da escovação um momento chato
“Mesmo as crianças mais dóceis relutam em obedecer ordens quando os adultos não são os primeiros a dar exemplo. Por isso, é importante que os pais mostrem para seus filhos o quanto é importante uma boa saúde bucal – escovando os dentes juntos, ensinando a usar o fio ou a fita dental logo depois da escovação… Para os bem pequenos, comprar escovas coloridas ou elétricas pode ser um bom incentivo”.
Oferecer leite na hora de dormir
“Até mesmo nos desenhos animados as crianças vão para a cama com uma xícara de leite e algumas bolachinhas. Mas, esse mimo pode custar caro em termos de saúde bucal. O leite, por exemplo, pode ser enriquecido com cálcio e vitamina D, sendo bom para fortalecer os dentes. Mas, também é rico em lactose, um tipo de açúcar que contribui para a formação de cáries. Se não houver acordo e a criança insistir, os pais devem cultivar o hábito de oferecer o leite pelo menos uma hora antes de a criança dormir, reservando tempo para a higiene bucal.
Aumentar a oferta de doces
“Durante as férias, também a alimentação acaba sendo alterada, havendo uma oferta maior de salgadinhos e guloseimas. Para não impor uma rotina severa demais aos pequenos, procure oferecer sobremesa logo depois do almoço. Assim, meia hora depois, a criança sabe que deve escovar os dentes e voltar a se alimentar somente depois de três ou quatro horas. O consumo descontrolado de açúcar durante o dia acaba aumentando a produção de bactérias na boca e enfraquecendo os dentes”.
Trocar água por sucos e refrigerantes
“Esse é um erro muito comum nas casas brasileiras. Ainda que os pais ofereçam mais sucos do que refrigerantes – o que certamente é mais saudável mesmo – o ideal é aumentar a oferta de água. Quase tanto quanto os refrigerantes à base de cola, os sucos contêm uma taxa elevada de acidez e açúcares, contribuindo para a erosão do esmalte que, em médio prazo, aumentará a sensibilidade dos dentes, exigindo tratamento mais custoso em todos os sentidos. Além de ser mais saudável para o organismo, tomar bastante água durante o dia contribui para evitar o acúmulo de açúcar na boca e o aparecimento de lesões de cárie”.
Descuidar da higiene e substituição da escova
“A escova de dente é uma ferramenta fundamental para a perfeita higiene bucal. Sendo assim, ela não pode ser esquecida em momento nenhum durante o ano, devendo ser trocada a cada dois meses, de preferência. Alguns modelos indicam quando a vida útil da escova está chegando ao fim. Depois de escovar bem os dentes e usar fio dental, é importante ensinar a criança a limpar corretamente a escova, a fim de não acumular restos de alimento e se transformar numa colônia de bactérias. O custo-benefício vale muito a pena, já que manter a saúde bucal é fundamental para ter boa saúde geral”.

Fonte: www.br.mulher.yahoo.com

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio