REABILITAÇÃO ORAL – ESTÉTICA E FUNÇÃO: RELATO DE CASO CLÍNICO

Caso clínico 2

As reabilitações orais com as próteses totais removíveis contribuem para a melhora da saúde física e emocional dos pacientes portadores de edentulismo. Este trabalho tem por objetivo relatar um caso clínico em que se realizou uma reabilitação oral completa com o uso de uma prótese total superior e uma prótese parcial removível bilateral inferior. Para viabilizar um resultado estético melhor, foram confeccionadas facetas indiretas em cerômero nos dentes remanescentes anteriores inferiores. Desta forma, esta metodologia de trabalho clínico possibilitou a reabilitação da função mastigatória e da estética dos dentes, da face devolvendo a auto estima ao paciente.

Introdução

Embora o número de indivíduos totalmente desdentados tenha diminuído no Brasil nos últimos anos, ainda existe uma demanda muito expressiva pelo tratamento com próteses totais. O objetivo principal no planejamento da reabilitação bucal com as próteses totais removíveis deverá ser pautado em restabelecer função mastigatória, estabilidade muscular e articular e estética aos pacientes.

Realizar uma boa anamnese, contemplando aspectos da saúde sistêmica e psicológica do paciente, um exame clínico minucioso dos rebordos alveolares avaliando-se os aspectos anatômicos é extremamente importante para definir o planejamento e estabelecer um prognóstico no tratamento reabilitador.

Este trabalho tem por objetivo relatar um caso clínico em que se realizou uma reabilitação oral completa com o uso de uma prótese total superior e uma prótese parcial removível bilateral inferior. Para viabilizar um resultado estético melhor, foram confeccionadas facetas indiretas em cerômero nos dentes remanescentes anteriores inferiores. Desta forma, esta metodologia de trabalho clínico possibilitou a reabilitação da função mastigatória e da estética dos dentes, da face devolvendo a auto estima ao paciente.

Relato do Caso clínico

Paciente do gênero feminino, apresentou-se para o tratamento, queixando-se da sua condição bucal e da estética do sorriso.

Fig.-1-Sorriso-Inicial

Fig. 1 – Sorriso Inicial

 Realizou-se anamnese, exame clínico e radiográfico observando-se que o paciente possuía uma prótese total superior há pelo menos dez anos e alguns dentes posteriores remanescentes e os dentes anteriores inferiores.

Fig.-2-Aspecto-Cli-nico-Inicial

Fig. 2 – Aspecto Clínico Inicial

Fig.-3-Aspecto-Cli-nico-Inicia

Fig. 3 – Aspecto Clínico Inicial

Iniciou-se o procedimento de moldagem anatômica do arco edêntulo superior pela seleção das moldeiras de estoque para desdentados totais e posterior moldagem pela técnica da pressão equalizada (MACHADO et al, 2003) com silicone de condensação (Optosil e Xantopren – Heraeus, Alemanha) . O arco inferior foi moldado com Alginato.

 Fig.-4a-Moldagem-Anato-mica

Fig. 4 – Moldagem Anatômica

Fig.-4-Moldagem-Anato-mica

Fig. 4a – Moldagem Anatômica

Fig.-5-Moldagem-Anato-mica

Fig. 5 – Moldagem Anatômica

 Obtiveram-se os modelos anatômicos em gesso pedra tipo III (Herodent- Vigodent, Brasil) para posterior confecção da moldeira individual inferior em acrílico autopolimerizável.

Fig.-6-Modelo-anato-mico-e-Moldeira-individual

Fig. 6- Modelo anatômico e Moldeira individual

Realizou-se a prova da moldeira individual, executou-se o selamento periférico com godiva de baixa fusão (Godiva-Kerr, EUA) e posterior moldagem funcional do arco superior pela Técnica da Pressão Equalizada (EDUARDO et al, 2001) com silicona de condensação (Xantopren – Heraeus Kulzer, Alemanha).

Fig.-7-Moldeira-individual-com-correc-a-o-de-bordo-e-adesivo

Fig. 7- Moldeira individual com correção de bordo e adesivo

Fig.-8-Moldagem-Funcional

Fig. 8- Moldagem Funcional

Obtiveram-se os modelos funcionais em gesso pedra tipo IV (Durone-Dentsply, Brasil) para a confecção das bases de prova em resina acrílica autopolimerizável e planos de orientação em cera sete (Horus-Dentsply, Brasil).

Fig.-9-Modelos-de-Estudo-e-Enceramento-diagno-stico

Fig. 9- Modelos de Estudo e Enceramento diagnóstico

Com o modelo do arco inferior, após planejamento restaurador e protético, foram providenciados o enceramento diagnóstico e confecção das facetas em cerômero após preparo dos dentes (Classic – Heraeus Kulzer, Alemanha) e moldagem com silicona de adição (Flexitime – Heraeus Kulzer, Alemanha) e a infraestrutura da prótese parcial removível .

 Fig.-10-Facetas-em-Cero-mero

Fig. 10- Facetas em Ceromero

Fig.-11-facetas-em-cero-mero

Fig. 11- Facetas em Ceromero

Fig.-12-Infraestrutura-da-PPR-inferior

Fig. 12- Infraestrutura da PPR inferior

Cimentaram-se as facetas com cimento resinoso fotoativado. Em seguida foram realizados os procedimentos de registro da relação cêntrica e apreensão dos planos de orientação superior e inferior simultaneamente a fim de montar os modelos em articulador semi-ajustável e enviá-los ao técnico em prótese dentária para montagem dos dentes e prova estética.

Fig.-13-Montagem-dos-dentes1

 Fig. 13- Montagem dos dentes

Fig.-14-Prova-este-tica-dos-dentes

Fig. 14- Prova estética dos dentes

Fig.-15-PT-superior-e-PPR-inferior-acrilizadas

Fig. 15- PT superior e PPR inferior acrilizadas

Após acrilização das próteses (Figura 15), procedeu-se à instalação das próteses, obtendo-se um resultado estético e funcional bastante satisfatório.

Fig.-16-Aspecto-cli-nico-final

Fig. 16- Aspecto clínico final

Fig.-17-Sorriso-Final

Fig. 17- Sorriso Final

CONCLUSÃO

A opção clínica reabilitadora apresentada conferiu função mastigatória e estética possibilitando à paciente uma melhora na autoestima e na qualidade de vida.

 Autor: Frederico dos Reis GOYATÁ

 Especialista, Mestre e Doutor em Prótese.

Fonte: Heraeus Kulzer

Compre produtos Heraeus Kulzer na Surya Dental, sua dental online.

 

Quer receber nossas novidades? Deixe seu e-mail.

Deixe um comentário