Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Gengivite: O que é? O que causa?

A inflamação da gengiva, se não tratada adequadamente, pode ocasionar a perda dos dentes

Caracterizada como o estágio inicial da doença da gengiva, a gengivite é uma inflamação da mesma, que se não tratada, progride e atinge o osso alveolar (este que envolve e sustenta os dentes). Esta doença é causada pela placa bacteriana ou pelo biofilme dental, que devem ser removidos diariamente por meio da higiene bucal.
É preciso saber que essa doença pode ocorrer em qualquer idade, contudo aparecem com maior frequência em adultos. Os sintomas comuns da gengivite são, gengiva vermelha, inchada, sensível ou sangramentos durante a higienização, dentes que parecem mais longos devido à retração da gengiva, mudança na forma como seus dentes se encaixam quando você morde, mau hálito ou gosto ruim na boca.

A gengivite é caracterizada em três estágios, são eles:

– Gengivite: causada pela placa bacteriana que se forma na margem da gengiva. Se a limpeza diária não estiver dando resultados, as placas produzirão toxinas que podem irritar a gengiva, causando assim a gengivite. Neste estágio pode-se notar algum sangramento durante a escovação ou no uso do fio dental. Os danos dessa doença, nesta etapa, podem ser revertidos já que não atingiram o osso e nem o tecido conjuntivo.

– Periodontite: neste estágio os ossos e as fibras de sustentação que mantêm os dentes são danificados. Nota-se que forma uma bolsa ao redor da gengiva onde ficam armazenados as placas bacterianas e os detritos. A higienização diária ajuda a prevenir danos maiores.

– Periodontite avançada: caracterizado como o estágio final, nesta etapa os ossos de sustentação dos dentes estão destruídos, fazendo com que eles migrem ou mudem de lugar, afetando assim de fato a mordida e se o tratamento não for realizado o quanto antes, a pessoa corre o risco de perder os dentes.

Portanto, o modo mais eficaz de prevenir a gengivite é realizar a higienização bucal diária, por meio da escovação e uso do fio dental, limitar a ingestão de alimentos que possuem alto teor de açúcar ou amido e também, visitar um dentista regularmente para fazer um “check up” nos dentes.

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio