Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Por que você deveria usar detergente enzimático no consultório

Os instrumentos odontológicos estão em constante contato com material orgânico, como saliva, exsudato, sangue e muco. Antes de sua esterilização, é muito importante saber como usar detergente enzimático.

A seguir, explicamos por que você deveria usar detergente enzimático no seu consultório e algumas dicas sobre como fazê-lo. Continue a leitura!

O que é detergente enzimático

Muito utilizado por profissionais da área da saúde, o detergente enzimático é uma solução feita com enzimas capazes de dizimar micro-organismos presentes em restos de material orgânico.

Esse produto age contra as membranas de fungos, células e bactérias que possam estar presentes nos resíduos dos instrumentos de seu consultório.

A cirurgiã-dentista Ana Carolina Guimarães Alves explica as propriedades do detergente enzimático: “Segundo a Anvisa, além de tensoativo, deve conter pelo menos uma enzima hidrolítica da subclasse das proteases E.C 3.4”. É uma solução não iônica, ou seja, não é corrosiva, não é tóxica e é biodegradável. Além disso, ao contrário do detergente comum, não deixa manchas nos instrumentos e não faz espuma.

Existem versões com um grande número de enzimas. Na área odontológica, há como usar detergentes enzimáticos com apenas seis. Produtos com sete ou mais são para uso hospitalar, onde é preciso eliminar outros tipos de resíduos.

É importante lembrar que o detergente enzimático não é um desinfetante. Ele deve ser utilizado para a limpeza dos instrumentos, e não para a desinfecção.

como usar detergente enzimático

O detergente enzimático serve para eliminar microrganismos nos materiais odontológicos. Foto: Freepik

Como usar detergente enzimático

Em primeiro lugar, é necessário preparar sua solução. Cada fabricante recomenda uma medida específica de detergente enzimático, portanto, basta ler o rótulo e seguir as instruções.

Em média, mistura-se de 3 a 5 ml do produto para cada litro de água em uma cuba ou recipiente. Como você fará a imersão dos objetos, é ideal que esse refratário seja largo.

Em seguida, passe seus instrumentos na água para tirar o excesso de detritos e despeje-os na cuba. É importante que as secreções não estejam secas, ou não será possível fazer a limpeza com detergente enzimático. Portanto, não deixe os objetos muito tempo sem higienização.

“Os materiais devem ser imersos na solução enzimática em um recipiente plástico com tampa ou diretamente na cuba ultrassônica por um período determinado pelo fabricante, que pode variar de 2 a 10 minutos”, esclarece Ana Carolina.

Após repousarem, retire-os e esfregue-os com uma escova (de dentes ou de roupas) sem muita força, apenas para tirar os restos de detritos. Não utilize buchas ou esponjas de aço, pois elas criarão ranhuras que se tornam zonas de retenção de matéria orgânica.

Por fim, enxague-os. O detergente enzimático não faz espuma como os produtos comuns. Não é preciso acrescentar mais produto, pois a quantidade da imersão será suficiente para a higiene.

Em seguida, faça a secagem com um papel toalha ou panos de limpeza descartáveis. Evite utilizar itens que possam soltar felpos em seus materiais limpos.

Por que utilizar detergente enzimático

O detergente enzimático desempenha um papel crucial para profissionais da Odontologia. Ele pode impedir a proliferação de fungos e bactérias e eliminar restos de material orgânico.

Dessa forma, haverá uma maior biossegurança em seu consultório, prevenindo o contato de pacientes com instrumental potencialmente infectado ou mal higienizado.

A cirurgiã-dentista Ana Carolina utiliza regularmente o detergente enzimático. “É um produto importante para remover a sujidade clínica e evitar a formação de compostos insolúveis na superfície dos materiais que serão reprocessados.”

como usar detergente enzimático

Com o detergente enzimático, haverá maior biossegurança em seu consultório.

O detergente enzimático é essencial em seu consultório, sendo um importante aliado para a limpeza e organização. Com esse produto, você poderá evitar diversos problemas relacionados à falta de higiene.

A Surya Dental oferece diferentes modelos de detergente enzimático, além de muitos outros materiais para o seu consultório. Clique no banner abaixo e confira!

como usar detergente enzimático

 

Comentários

  1. Maria cristina cardoso de moraes barbosa salão da cris disse:

    Gostaria de saber se usar o detergente enzimático não precisa ir para a autoclave ou precisa mesmo assim? Obrigada!

    1. Oi, Maria! Os instrumentais devem ir para a autoclave após a limpeza com detergente enzimático. Um abraço!

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio