Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Caso clínico: Restabelecimento estético com laminados cerâmicos

laminados-ceramicos

Avaliação clínica/radiográfica inicial

Após anamnese, exame clínico, radiográfico e fotografias extra e intraorais, foi observado que a paciente apresentava incisivos laterais restaurados com facetas em resina composta insatisfatórias, incisivos centrais com ângulos incisais arredondados e caninos palatinizados.

Tratamento executado

Como a paciente tinha apenas alteração de forma, e a cor era satisfatória, o tratamento proposto foi a realização de laminados cerâmicos ultrafinos para o restabelecimento estético do sorriso. Para o planejamento, foi realizada a moldagem de estudo com silicone por condensação e o enceramento diagnóstico.

Introdução

Diversas são as causas para alterações na harmonia do sorriso, como lesões cariosas, corrosão, desgaste patológico e fisiológico, trauma, escurecimento dentário, má formação dentária, entre outros, o que leva a um desequilíbrio estético dentofacial. Dentre os procedimentos indicados para restabelecer o equilíbrio estético-funcional, estão os laminados cerâmicos.¹

O avanço das técnicas e dos materiais cerâmicos e adesivos nos permite realizar procedimentos mais conservadores.² Com isso, os laminados cerâmicos diminuíram de espessura e os preparos, de profundidade, principalmente quando o caso é aditivo e requer apenas alteração de forma.³ Além disso, em detrimento às resinas compostas, os laminados cerâmicos apresentam uma menor propensão ao manchamento, perda de lisura superficial e fraturas.4

Quanto menor for a espessura dos laminados, tanto a cor do substrato quanto a do cimento podem comprometer o resultado estético.5 Portanto, para que não tenhamos uma interferência na cor, devemos avaliar a necessidade de clareamento dentário, a espessura do preparo, a seleção do sistema cerâmico e a seleção do cimento resinoso.6

Sendo assim, é de extrema importância seguir um protocolo previsível do planejamento ao ajuste oclusal para a obtenção do sucesso reabilitador. Além disso, o preparo suficientemente invasivo, preservando o máximo de estrutura dentária, é primordial para a adesão e, consequentemente, para a longevidade dos laminados.

Passo a passo

O preparo

O preparo foi iniciado com pontas diamantadas para micropreparo 8889M-007 (Komet), realizando sulco de orientações marginal. Em seguida, foi usada a ponta 8838M-007 (Komet) para definir o término cervical com 0,2mm (Figura 6). O acabamento do preparo foi realizado com a broca multilaminada H375R (Komet) em contra-ângulo multiplicador (W&H).

A moldagem

Para moldagem, foi utilizado silicone de adição, usando a técnica da dupla moldagem. Inicialmente, levou-se o material pesado para individualizar a moldeira; em seguida, foi inserido o fio retrator 000 (fig. 5) para o afastamento gengival e a moldagem realizada com silicone de adição leve.

laminados-ceramicos

Preparo dos laminados cerâmicos

Os laminados cerâmicos foram preparados para cimentação, de acordo com os seguintes passos: condicionamento com ácido fluorídrico Condac Porcelana 10% (FGM), nas superfícies internas das restaurações por 60 segundos, seguida de uma lavagem com água e jato de ar. Após a lavagem, foi aplicado o silano Prosil (FGM) por um minuto, novamente jato de ar e aplicação de adesivo Ambar Universal APS (FGM) sem fotoativação.

laminados-ceramicos

Autores: Leandro Martins, Adriana Fonseca, Larissa Alves, Rafael Thomaz, Juliana Sá e Luciana Mendonça.

Referências

1. Goldstein RE et al. The Changing Esthetic Dental Practice. J Am Dent Assoc. 1994;125:1447-56.
2. Peumans M et al. Porcelain veneers: a review of the literature. Journal of Dentistry 2000;28:163–177.
3. Baratieri LN, Guimarães J. Laminados Cerâmicos. In: Baratieri LN et al. Soluções Clínicas: fundamentos e técnicas. 1a ed. Santa Catarina: Ponto; 2008:314-71.
4. Magne P et al. Clinical Performance of Novel-Design Porcelain Veneers for the Recovery of Coronal Volume and Length. Int J Periodontics Rest Dent. 2000;20(5):440-57.
5. Volpato CA, Monteiro S Jr, De Andrada MC, Fredel MC, Petter CO. Optical influence of the type of illuminant, substrates and thickness of ceramic materials. Dent Mater. 2009;25(1):87-92.
6. Rezende MO, Cardoso PC, Oliveira MBRG, Porfirio W. Laminados cerâmicos minimamente invasivos. Clínica – Int J Braz Dent. 2009;5(2):182-92.

comprar-produtos-fgm

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio