Reconstrução coronária em dentes tratados endodonticamente: um passo à frente

Caso clínico 2

Os pinos pré-fabricados em fibra de vidro estão se tornando, cada vez mais, a primeira opção para a reconstrução de dentes tratados endodonticamente.

Os benefícios apresentados com a utilização dessa técnica são inúmeros; porém, merecem especial destaque: a preservação de estrutura dental, o módulo de elasticidade da fibra muito próximo ao da dentina e, é claro, a estética. Devido a esses fatores e também pela maior veiculação de informações acerca desse material, o pino pré-fabricado em fibra é, hoje, um tratamento bem aceito e bastante procurado, deixando de ser, para muitos, uma novidade e para tornar-se uma realidade.

Todavia, o tratamento com pinos pré-fabricados possui também algumas limitações, pois até então, a reconstrução do remanescente coronário, utilizava a resina composta como material de escolha.

Com o advento de um novo material em fibra de vidro para esse tipo de reconstrução – REFORCORE – Angelus®, essas limitações diminuíram e, agora, temse não só uma nova opção de material, mas também um aumento da indicação para o uso dos pinos pré- fabricados. Neste sentido, o presente trabalho mostra a sequência clínica indicada para o material.

Figura 01. Caso inicial: as coroas metalocerâmicas que serão removidas por fatores estéticos.

1

Figura 02. Imediatamente após a remoção das coroas, iniciase o preparo do remanescente dental.

2

 

Figura 03. Com o remanescente já tratado, os condutos são preparados para a inserção de pino pré-fabricado (EXACTO – Angelus®). Esse pino utiliza uma broca específica que acompanha o conjunto e permite uma inserção precisa do pino.

3

 

Figura 04. O REFORCORE mais adequado ao preparo é selecionado. O material é apresentado em um kit com 3 tamanhos para dentes anteriores e 3 tamanhos para pré-molares.

4

 

Figura 05. REFORCORE dever ser provado no conduto junto com o pino para o corte na altura adequada.

5

Figura 06. A adaptação do REFORCORE ao remanescente deve ser feita recortando-o com brocas diamantadas em alta rotação com refrigeração.

6

Figura 07. A cimentação de REFORCORE pode ser realizada no mesmo momento da cimentação do pino. Observação: tanto o pino quanto o REFORCORE devem ser limpos em álcool, silanizados e tratados com sistema adesivo, antes da cimentação.

7

Figura 08. Vista dos preparos imediatamente após a cimentação.

8

 

Figura 09. Após a polimerização completa do cimento, é realizado o repreparo da estrutura coronária.

9

Figura 10. Vista dos preparos finalizados com REFORCORE.

10

Conclusão:

A fibra de vidro, já utilizada em várias versões dentro da área odontológica, vem acrescentar mais um item nas possibilidades em tipos de materiais para a reconstrução coronária de dentes tratados endodonticamente, contribuindo para que a odontologia estética, fique definitivamente livre do metal.

Autora: Lygia Madi, CD

Fonte: Angelus

Clique e Compre os produtos da Angelus aqui na Surya Dental. 

 

Quer receber nossas novidades? Deixe seu e-mail.

Deixe um comentário