Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Retração gengival: conheça causas, tratamentos e saiba como prevenir

A retração gengival é mais do que apenas uma questão estética; é um problema que pode se agravar se não tratado. A gengiva se retrai por motivos hereditários e até por uma escovação errada, com uso de força, e alimentação não saudável.

O tratamento geralmente é cirúrgico, mas se detectado logo no início pode ser menos invasivo. Se o paciente não procura o dentista para avaliar o caso, corre o risco de até de perder o dente, sem contar no incômodo da sensibilidade, provocado pela raiz exposta.

Preparamos um post para explicar o que é retração gengival, suas causas, consequências, tratamentos e formas de prevenção. Confira!

O que é retração gengival

A retração gengival é um problema odontológico no qual a gengiva retrai e expõe a raiz dos dentes.

Esse processo, explica o cirurgião-dentista Hélio Cano, é normalmente acompanhado de dor e de perda óssea, agravando o problema. “Se não tratada desde os primeiros sinais, pode causar infecções e até perda do dente”, diz o especialista em Prótese e Reabilitação Oral.

A recessão gengival pode atingir apenas um dente ou vários, e tanto o maxilar superior quanto o inferior.

Causas da retração gengival

As principais causas da retração gengival são doença periodontal (causada por uma higiene bucal malfeita), movimentação ortodôntica brusca, bruxismo (ranger dos dentes) e apertamento dental.

Cano afirma que dentes alinhados, além de serem esteticamente bonitos, equilibram a saúde da boca e previnem a recessão gengival. “Quando se perde um dente e este não é reposto, alguns dentes acabam recebendo mais força do que os outros, o que pode resultar na gengiva retraída.”

Outras causas para o problema são:

  • Dentes em má posição
  • Higiene bucal malfeita (não usar fio dental e nem enxaguante bucal)
  • Dentes com contato prematuro
  • Excesso de força na escovação
  • Uso de escova com cerdas duras ou médias (o indicado é sempre usar cerdas macias – procure essa descrição na embalagem)
  • Uso prolongado de aparelho ortodôntico
  • Hereditariedade
  • Alterações hormonais
  • Uso de piercing
  • Uso de medicamentos que têm como efeito colateral a boca seca

A gengiva retraída é um problema comum em um perfil de paciente, como explica o cirurgião bucomaxilofacial, Cláudio Claro. “São os pacientes com mais predisposição às doenças gengivais, como gengivite e periodontite.”

O avanço da idade, o hábito de fumar, a diabetes e a má alimentação também podem contribuir para o surgimento do problema.

retracao gengival

Tratamento para recessão gengival

A recessão gengival tem tratamento, que passa desde por técnicas menos invasivas às cirúrgicas. Para casos leves, dentistas recomendam tratar o problema com laserterapia e cremes dentais.

Em situações complexas, são opções o tratamento de canal, a raspagem e o aplainamento das raízes, seguidos da cirurgia de enxerto de gengiva, além da plástica gengival. “Devido a tal exposição das raízes, os dentes podem apresentar sintomas de sensibilidade”, alerta Cano.

Claro afirma que a sensibilidade dentária, que é a dor aguda e curta nos dentes quando em contato com bebidas e alimentos frios ou quentes, é uma das consequências da falta de tratamento da retração gengival.

Quando o dentista identifica que a retração da gengiva é uma consequência do bruxismo, o tratamento para a causa principal ameniza os dois problemas. “Para o bruxismo, podemos fazer a aplicação de toxina botulínica para relaxamento da musculatura facial, evitando, assim, o apertamento dental”, explica Claro.

O problema compromete a estética do sorriso, mas também pode causar amolecimento do dente, culminando na sua perda, e mais problemas bucais.

Quando procurar ajuda

Para uma rotina de cuidados bucais, dentistas recomendam que qualquer pessoa faça consultas a cada seis meses. Manter essa periodicidade, dizem os especialistas, é uma forma de detectar problemas gengivais, como a retração logo no início, uma vez que o paciente não sente dor.

“Doenças detectadas no início podem ser curadas mais facilmente, diminuindo o custo e a duração do tratamento”, comenta Cano. “A cura se torna muito mais simples e eficaz”, acrescenta Claro.

retracao gengival

Atitudes que previnem a retração gengival

Alguns hábitos simples e diários são capazes de prevenir o problema. Evitar a retração da gengiva tem mais a ver com o comportamento do paciente do que com fatores externos. Veja quais atitudes ajudam na prevenção:

  • Escovar os dentes gentilmente, sem uso de força, para não causar traumas
  • Usar fio dental, enxaguante bucal e escova de dentes de cerdas macias
  • Manter uma alimentação saudável
  • Não fumar
  • Ir ao dentista regularmente

Uma higienização bucal completa faz parte do tratamento e da prevenção da retração gengival. Use sempre fio dental, creme, enxaguante e uma escova de qualidade. A Surya Dental trabalha com material odontológico de marcas renomadas. Clique no banner para conferir!

retracao gengival

Comentários

  1. Sidinei disse:

    Muito bom gostei do poste

  2. Maria disse:

    Procurei um consultorio especializado em tratar as gengivas. Achei que a dentista fosse tratar a minha gengiva retraida no dente canino devido ao mal uso de aparelho ortodontico que empurrou muito o dente para dentro, o que pode ter causado a retração, mas ela fez um preenchimento com resina para nivelar a perda ossea. Mas e a gengiva? Nao sei onde encontrar aqui no RJ um dentista que tenha especialização nessa tecnica. Alguém poderia me orientar, pois
    nos consultorios em que passei os dentistas se fizeram de cegos e nada comentaram a respeito. Tel 21 99761 7005 Agradeço se puderem me responder pois gostaria de tentar reverter este problema enquanto ele é recente.

    1. Bom dia, Maria.
      A Surya Dental é uma distribuidora de produtos odontológicos e não temos como te informar.
      Acredito que a ajuda que você procura, o Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro poderá indicar.
      O telefone é (21) 3505-7600.

      Tenha um bom dia!

  3. marcio disse:

    Gostei muito dessas informações. Pois será de suma importância no meu trabalho,sou tsb e justamente trabalho com informações como essas e vai ser de grande importância para mim.obrigado.

    1. Olá, Marcio!
      Que bom que o texto contribuiu com o seu trabalho.
      Obrigado pelo contato.

  4. Angélica disse:

    Tenho gengiva retraída tbm e a cada vez é um dente a mais. O dente com a retração mais antiga é sempre colocado resina para nao ficar exposto. Eu achava ótimo, mas a gengiva continua retraindo… Por isso foi bom ler esse artigo. Agora procurarei um profissional que realmente resolva minha situação. Outra coisa que reparei foi no uso de fio dental, eles sempre são incisivos na hora da limpeza, acho que isso tbem danifica a gengiva.

    1. Olá, Angélica!
      Que bom que você gostou do artigo. Procurar um dentista de confiança é o mais indicado nesses casos.
      Agradecemos pelo contato.

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Feito por Nerau Studio