Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Filmes para radiografia odontológica: como escolher?

A radiografia entrega ao dentista informações que não são visualizadas no exame clínico. Com ela, o profissional ganha os dados sobre ossos e tecidos e uma avaliação sobre o sucesso de um tratamento.

Os filmes para radiografia odontológica, quando de qualidade e utilizados da forma correta, possibilitam imagens nítidas e fiéis para guiar o dentista a um diagnóstico preciso.

Conheça, neste artigo, os filmes radiográficos odontológicos mais utilizados nos consultórios, saiba escolher a melhor opção e aprenda dicas para manusear e armazenar, garantindo a durabilidade das películas.

Tipos de radiografias

As radiografias odontológicas mais comuns são as periapicais e as panorâmicas. O primeiro tipo detecta, com precisão, cáries, lesões periodontais e é fundamental no tratamento de canal. As panorâmicas permitem que o dentista analise a situação do osso e da arcada dentária em uma única imagem. É a escolhida para verificar a mandíbula do paciente e o posicionamento dos dentes.

Filmes radiográficos

Os filmes são divididos em intrabucais e extrabucais. O tipo extrabucal é usado fora da boca do paciente

O tipo intraoral é o mais comum nos consultórios por fornecer muitos detalhes e permitir que o dentista verifique a saúde do dente, da raiz e do osso, além de apurar o estado dos dentes em desenvolvimento. Ele é colocado dentro da boca do paciente e recomendado para radiografias periapicais.

filmes-para-radiografia

Filmes radiográficos intraorais são colocados dentro da boca do paciente.

Os filmes intrabucais têm três tamanhos:

  • 3 cm x 4 cm: tamanho padrão
  • 2,2 cm x 3,5 cm: radiografia infantil
  • 5,7 cm x 7,6 cm: filme oclusal

Filme radiográfico periapical

É vendido em embalagens individuais em duas variações: simples (com somente uma película – e o mais utilizado) e duplo (com duas películas), que permite que o dentista tenha duas radiografias idênticas e mantenha uma cópia no arquivo para comparação futura.

Por ser colocado dentro da boca do paciente, os filmes intraorais devem ter características especiais. Dê preferência aos produtos que sejam de material extra-macio e, portanto, confortável ao paciente. Procure também filmes com resistência à saliva e desinfectáveis para oferecer maior segurança no manuseio.

Todo profissional sabe que a qualidade da imagem é decisiva no diagnóstico, por isso compre filmes radiográficos que entreguem contraste elevado e tons de cinza bem definidos, além de curto tempo de exposição para evitar imagens trêmulas.

Dentistas que atendem o público infantil devem usar filmes intraorais de tamanho específico em radiografias periapicais. Por ser um produto indicado para crianças, a embalagem é menor, proporcionando conforto, segurança e reduzindo o tempo de exposição.

filmes-para-radiografia

Posicionador para radiografias serve como guia para a direção da radiação.

O posicionador radiográfico é um acessório que orienta a direção da radiação e é útil para reproduzir a mesma imagem, no decorrer do tratamento, pois padroniza o posicionamento do filme.

Filme radiográfico oclusal

É utilizado para obter visualizações superiores e inferiores da maxila. O uso é indicado quando é necessário um exame complementar ou quando há dente incluso, fraturas, áreas anômalas, raízes residuais, para tratamento de Ortodontia e para estudo das fendas palatinas.

O tamanho é maior que o do filme periapical, pois a área a ser analisada é mais ampla. Ao comprar, observe se o plástico é macio e confortável, se o produto é resistente à saliva e desinfectável.

O posicionamento do paciente é determinante para obter uma imagem clara e facilitadora do diagnóstico. Ele deve estar em plano sagital mediano perpendicular ao plano horizontal. Para a técnica total, o longo eixo do filme deve ser posicionado perpendicular ao plano sagital mediano, com o picote da embalagem sempre para fora da cavidade bucal, como explica o vídeo da Universidade Federal de Pelotas:

Processamento, cuidados e armazenamento

A maioria dos filmes aceita processamento manual e automático. No modo manual, a revelação acontece em câmara escura, que pode ser portátil ou em um cômodo. Já a máquina processadora tem a vantagem da rapidez na operação, da uniformidade dos resultados e de não exigir grande espaço no consultório.

O tempo de revelação do raio x odontológico na técnica manual varia conforme a temperatura da solução química, e quanto mais alta, menor o tempo. Lembre-se que temperatura do revelador maior que 30°C pode ocasionar imagens com erros. Veja as recomendações na tabela a seguir:

filmes-para-radiografia01

Os filmes radiográficos odontológicos são sensíveis à luz, aos raios gama, ao calor, tempo e à umidade. Devem ser guardados em local com pouca iluminação e longe de temperaturas elevadas.

Armazene os filmes a temperatura entre 10°C e 21°C em local protegido da luz e sem objetos pesados sobre as embalagens. As radiografias reveladas devem ser guardadas em lugar bem ventilado.

Um filme radiográfico vencido, por exemplo, deixa a imagem repleta de pontos brancos. Já uma película submetida a temperaturas altas na estocagem aparece com manchas escuras na revelação.

Como está o estoque de filmes radiográficos do seu consultório? A Surya é uma dental online, com 25 anos de mercado, e trabalha com as marcas Kodac, Carestream e Kulzer. Clique no banner abaixo e confira as melhores opções para a sua clínica!

filmes-para-radiografia

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio