dentist

A Frente Parlamentar da Odontologia é uma conquista do Conselho Federal de Odontologia que irá trabalhar em prol de avanços na política de saúde bucal brasileira. Oficialmente criada em novembro de 2017, a Frente conta com 398 parlamentares que garantem sua representatividade na Câmara dos Deputados.

Com o objetivo de apoiar e defender o trabalho dos profissionais que atuam na área, a Frente Parlamentar da Odontologia irá proporcionar uma maior interação entre os parlamentares e a categoria. Facilitando o processo de acompanhamento dos trâmites legislativos no âmbito do congresso nacional.

Uma das vantagens da composição da Frente é que os assuntos ligados à área poderão ser amplamente debatidos por parlamentares e acompanhados pelo Conselho Federal de Odontologia. Garantindo, assim, um maior empenho na busca de soluções que beneficiem os profissionais e a sociedade.

Estatísticas

De acordo com pesquisas do Conselho Federal de Odontologia, existem no Brasil cerca de 24 milhões de pessoas que jamais entraram em um consultório odontológico, e apenas 15% dos brasileiros declaram cuidar da saúde bucal regularmente. Essa pesquisa mostra o atual cenário da odontologia no país e alerta ao fato de que mesmo com os avanços do setor, os profissionais não alcançam a população carente, sendo necessário que se façam investimentos em infraestrutura adequada para solucionar esse problema.

frente parlamentar

Frente Parlamentar da Odontologia

A proposta da Frente Parlamentar é que a saúde bucal seja incluída e regulamentada dentro do Sistema Único de Saúde. Hoje, o atendimento executado no Brasil desde 2004, é realizado através do programa de assistência em saúde bucal – Brasil Sorridente, que atende 104 milhões de pessoas por ano.

O projeto apresentado sugere que a odontologia seja implantada com o mesmo padrão de atendimento e funcionamento que a saúde pública, alcançando todos os brasileiros. Com programas de promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde bucal, além dos procedimentos emergenciais.

Entre as propostas, estão ainda o atendimento odontológico mais acessível à população e a defesa da atuação dos mais de 500 mil dentistas e técnicos de odontologia do país.

Quer receber nossas novidades? Deixe seu e-mail.

Deixe um comentário