Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

7 maneiras que dentistas podem evitar dores nas costas, pescoço e ombros

Na área odontológica, muitos procedimentos exigem movimentos corporais de torção e estática por longos períodos de tempo. Pesquisas sugerem que dores nas costas, pescoço e ombros são comuns entre dentistas e cirurgiões, e são causadas principalmente devido as posturas de trabalho, o design dos equipamentos e a duração do procedimentos.

Manter o corpo debruçado e torto sobre um paciente por horas e horas durante anos exige muitos dos músculos. Quando a cabeça, tronco e pescoço estão debruçados para um lado, o lado dos músculos que estão sendo usados se tornam menores e mais fortes, enquanto o outro lado fica esticado e mais fraco, causando um desequilíbrio na musculatura.

Para evitar o problema, listamos algumas atitudes podem ser tomadas. Confira:  

7 Maneiras de Prevenir dores e problemas no pescoço, ombros e costas para dentistas

  1. Mude sua Postura. Se puder, alterne entre atendimentos sentados e em pé para reduzir a fatiga muscular e aumentar a variedade de posturas adotadas, assim o músculo não fica estático por longos períodos de tempo.
  2. Use apoio.  Quando sentado ou em pé, não debruce por muito tempo em uma postura sem suporte.
  1. Alcance Seguro. Evite alcançar objetos torcendo o corpo. Tenha consciência das posturas corporais adotadas durante um procedimento e mantenha os itens mais usados sempre perto, para que torções desnecessárias sejam evitadas.
  2. Postura Natural dos Braços. Mantenha os cotovelos e a parte superior dos braços perto do corpo e evite tensionar os ombros quando trabalhar. Cuide também para que as mãos não fiquem em posturas incômodas por muito tempo sem relaxar, para evitar problemas e dores nos pulsos.
  3. Use equipamentos confortáveis. Evite equipamentos pesados, que exigem uma postura corporal não natural, equipamentos ergonomicamente desenhados minimizam a tensão no corpo.
  4. Gerencie seu Tempo. Evite longos períodos de atendimento sem intervalo. Busque fazer pequenos intervalos sempre que puder, assim você consegue mudar de postura mesmo que por um curto período de tempo e relaxar o corpo. Se possível, marque procedimentos longos e difíceis intercalados com casos fáceis e rápidos.
  5. Alongue-se. Alguns exercícios e alongamentos básicos para fazer no consultório podem mudar drasticamente sua rotina e produtividade. Abaixo, seguem alguns exemplos.

quick-stretches

Fontes:

http://www.asdablog.com/the-importance-of-neck-back-health-in-dentistry/

http://ispub.com/IJOH/1/1/6253#

http://www.spineuniverse.com/wellness/ergonomics/back-care-dentists-surgeons

http://www.oralhealthgroup.com/news/neck-pain-a-scientific-look-at-the-dentists-neck/1000680416/?&er=NA

http://newdentistblog.ada.org/wordpress/?p=2029

 

Comentários

  1. Plinio Antonio de Moraes disse:

    Ótimas sugestões, pois realmente a maioria dos dentistas tem problema de postura.

  2. Marlinha disse:

    Achei muito interessante esse conte

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Feito por Nerau Studio