Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Reconstrução coronária com pinos de fibra de vidro

Reconstrução coronária com pinos de fibra de vidro

Dentes com pouco remanescente coronal podem ser reabilitados através do uso de pinos intrarradiculares e restaurações indiretas, desde que sejam observados alguns fatores. O comprimento da raiz, a anatomia radicular, o aspecto da dentina remanescente (altura, espessura e qualidade do tecido), as forças oclusais que incidem no sistema, a necessidade estética, entre outros, são aspectos a serem considerados antes de uma reabilitação nesta modalidade.

Quando corretamente indicados e planejados, pinos diretos consistem em uma opção de excelente custo benefício e relativa facilidade de execução (se comparados aos pinos metálicos fundidos). Adicionalmente, novos materiais dentários surgem para simplificar e agilizar ainda mais o trabalho do profissional, como é o caso dos cimentos resinosos multitarefas que possuem resistência mecânica suficiente para, além de cimentar o pino, criar o munhão

Relato do Caso
Paciente apresentando dentes 11 e 21 necessitando de reabilitação protética extensa. Os remanescentes coronários apresentaram área de férula e espelhamento adequadas para uma reabilitação com pinos intrarradiculares diretos. A elevada necessidade estética do caso levou ao planejamento com núcleos estéticos e coroas totais cerâmicas. O trabalho todo foi realizado com apenas um cimento resinoso dual, o Allcem Core (FGM), indicado para o trabalho de cimentação do
pino, confecção do núcleo e cimentação da coroa.

 

Aspecto inicial dos dentes, quantidade do remanescente dental e preparo dos condutos com broca White Post DC2 (FGM)

Condicionamento ácido (Condac 37, FGM) por 15 segundos e aplicação de adesivo (Ambar, FGM)

Através da ponteira especial para aplicação intracanal, o cimento Allcem Core (FGM) é inserido dentro do conduto.

Munhões em sua forma primária e após usinados.

Coroas cerâmicas cimentadas nos dentes através do mesmo cimento resinoso dual, revelando a praticidade do material.

Figs. 1 a 4 – Aspecto inicial dos dentes, quantidade do remanescente dental e preparo dos condutos com broca White Post DC2 (FGM), criando espaço cônico para adaptação dos pinos

Figs. 5 a 6 – Condicionamento ácido (Condac 37, FGM) por 15 segundos e aplicação de adesivo (Ambar, FGM).

Figs. 7 a 10 – Através da ponteira especial para aplicação intracanal, o cimento Allcem Core (FGM) é inserido dentro do conduto. O pino de fibra (White Post DC2, FGM) é então posicionado e o cimento que extravasa pode ser aproveitado para construção do munhão, bem como novas camadas de cimento que são acrescentadas ao redor do pino. A fotopolimerização do sistema assegura uma pré-forma do munhão.

Figs. 11 a 12 – Munhões em sua forma primária e após usinados.

Figs. 13 a 14 – Coroas cerâmicas cimentadas nos dentes através do mesmo cimento resinoso dual, revelando a praticidade do material.

 

Autores / Sobre o autor:
Prof. MSc Sanzio Marques
Especialista em Prótese Dental e Implantes, Mestre em Dentística Restauradora, Autor do livro “Estética com resinas compostas em dentes anteriores: percepção, arte e naturalidade”, Coordenador do Curso de Excelência em Odontologia Estética do IEO-Belo Horizonte, Coordenador do Curso Dominando a Arte com Resinas Compostas do IEO-Belo Horizonte, Coordenador do Curso de Imersão em Laminados Cerâmicos do IEO-Belo Horizonte, Coordenador do Curso de Excelência em Reabilitação Oral do Instituto Implante-Perio – São Paulo.
TPD Roberto Devólio
Técnico em Prótese Dental (Curitiba-PR).

Fonte: 37ª Edição – Revista Surya News

Summary
Reconstrução coronária com pinos de fibra de vidro
Article Name
Reconstrução coronária com pinos de fibra de vidro
Description
Neste caso clínico foi aplicada técnica de reconstrução coronária com pinos de fibra de vidro. Acesse agora e veja os resultados obtidos!
Author
Publisher Name
Blog Surya Dental
Publisher Logo

Comentários

  1. Rosangela Ferreira disse:

    Bom Dia,
    Meu filho perdeu os 4 dentes da frente carie, ele esta fazendo um tratamento para implante, mas ele só tem 3 anos. Esse implante de fibra de vidro vai atrapalhar os dentes permanentes ou causar algum dano a ele. ou prejudica-lo:?

    1. Olá Rosangela.

      O cirurgião dentista que está acompanhado o caso é o mais indicado para solucionar todas estas suas dúvidas.
      Explique para ele(a) todas suas questões e inseguranças e ele(a) irá te explicar certinho.

  2. Olá, Carolane! Procure um dentista. Só ele poderá avaliar o seu caso. Boa sorte e obrigada pelo contato!

  3. Elisabete disse:

    Quanto custa no caso tenho que fazer 2 um de cada lado

    1. Oi Elisabete, muito obrigado pelo contato.

      Nós somos a loja especializada em produtos odontológicos, não fazemos procedimentos. Sugiro que você procure um cirurgião-dentista para isso.

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio