Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Respirar pela boca prejudica a saúde bucal

Respirador Bucal é o indivíduo que substitui o padrão de respiração nasal por um padrão bucal ou buco-nasal. Esse padrão respiratório inadequado pode afetar progressivamente o desenvolvimento físico e psíquico do paciente, além de comprometer o desenvolvimento da face e das arcadas dentárias. Algumas das alterações que começam a ocorrer são:

– Projeção da cabeça para frente, esticando o pescoço e alterando a postura da coluna.
– Língua passa a ficar mais baixa junto aos dentes inferiores.
– Boca aberta a maior parte do tempo.

Sinais e Sintomas

– Problemas respiratórios (rinite, bronquite, otite, amigdalite);
– Lábios entreabertos e ressecados com gengivas inflamadas;
– Céu da boca profundo, maxila atrésica, língua baixa;
– Ronco, sono agitado e pesadelos;
– Baba durante o sono (dorme de boca aberta);
– Olheiras e aspecto cansado;
– Irritabilidade por noites mal-dormidas podendo ficar hiperativos ou sonolentos durante o dia;
– Respiração barulhenta;
– Por causa da flacidez na boca e na língua, o processo de mastigação e deglutição também ficam comprometidos;
– Assimetria de face, narinas estreitas;
– Come rápido, mastiga pouco, utiliza líquido para auxiliar na hora de engolir e prefere alimentos pastosos;
– A fala, o sono e a concentração sofrem danos.

Problemas posturais

Com a boca aberta a maior parte do tempo, a língua passa a ficar mais baixa junto aos dentes inferiores. Para melhorar a passagem do ar, há uma projeção da cabeça para frente, esticando o pescoço e alterando a postura da coluna.

A posição da mandíbula é também responsável pela postura corporal, pois a relação entre as arcadas dentárias (a oclusão dentária) determina uma posição espacial do crânio e devido aos mecanismos de cadeias (grupos musculares e articulares) há compensações da coluna cervical, da cintura pélvica, dos joelhos e por fim dos pés em busca de equilíbrio corporal.

Problemas psicopedagógicos

É comum essas crianças apresentarem problemas intelectuais, tais como dificuldade de memorização de novos eventos, alterações da capacidade cognitiva e problemas com aprendizado. Podendo ser danoso o processo de alfabetização e, consequentemente, da aquisição da linguagem escrita. Estudos apontam uma menor oxigenação cerebral quando se respira pela boca, o que prejudica o aprendizado.

Tratamento

Tratamento envolve uma equipe multi disciplinar de profissionais na aérea de saúde. O papel do dentista é atuar de maneira preventiva ajudando no diagnostico precoce encaminhando para um otorrino, e de maneira curativa realizando tratamento ortodôntico associado à fonoaudiologia.

Autor: Dr. Alexandre Morita (CROSP 70.644) – Cirurgião dentista especialista em estética dental.
Fonte: www.mulher.yahoo.com

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Feito por Nerau Studio