5 tendências de decoração para consultórios odontológicos

consultórios odontológicos

Transformar ambientes estéreis, como consultórios odontológicos, em espaços funcionais, esteticamente agradáveis e otimistas, pode aumentar o conforto dos visitantes e a satisfação dos clientes e colaboradores.

Essa é uma tendência contemporânea e progressiva, que promete impactar, positivamente, a experiência e entrega de resultados em odontologia. Confira nossas dicas de decoração para consultórios!

1. Humanização

É cada vez mais comum encontrarmos consultórios com recepções que lembram salas de estar de casas e apartamentos. Isso tem acontecido pois existe uma corrente de estudos sugerindo que a humanização de ambientes reduz a incidência de estresse de pacientes e colaboradores.

Uma dica para humanizar clínicas e consultórios é incluir mobiliários, poltronas, paletas de cores, texturas e objetos de decoração que incentivem os visitantes a relaxar enquanto aguardam sua consulta.

consultórios odontológicos

2. Proporcionalidade

Se espaço é um artigo de luxo, invista em organização e proporção. Móveis feitos sob medida e multifuncionais podem dar um ar charmoso e moderno aos consultórios odontológicos.

A divisão de espaços resulta em ambientes agradáveis e produtivos. Um modo efetivo de aumentar a funcionalidade de salas de atendimento e recepções é com o uso de nichos e gaveteiros. Aliás, além de serem decorativos, esses itens são úteis. Painéis e divisórias também podem ser peças coringas.

3. Iluminação

Uma das tendências de decoração de consultórios odontológicos que une praticidade, beleza e economia é o diodo emissor de luz, conhecido como LED.

Além disso, essas são alternativas de iluminação eficientes de inúmeras maneiras. Seu uso pode, de acordo com o projeto de iluminação escolhido, transformar sua clínica em um espaço aconchegante e cativante, ou moderno e arrojado.

4. Paisagismo para consultórios odontológicos

Vasos de plantas, jardins de inverno e arranjos de mesa são bem-vindos à decoração dos consultórios odontológicos. Além de trazer vida ao espaço, eles dão um toque de elegância, indispensável a esses ambientes.

Porém, se você optar pelo paisagismo em sua clínica, lembre-se que essa é uma decoração viva, que demanda manutenção e cuidados diários.

5. Personalização

Alguns dentistas optam por se especializar no atendimento de determinados segmentos, como os odontogeriatras, odontohebiatras e odontopediatras. Se esse é o seu caso, saiba que a personalização do ambiente voltado a este cliente específico é fundamental.

Odontogeriatria

A decoração deve ser, antes de tudo, funcional e bem equilibrada às necessidades do paciente idoso. É extremamente recomendado que a circulação do ambiente seja fácil e que espaços como recepção, salas de atendimento e lavabo comportem cadeiras de rodas.

Você pode, inclusive, optar por poltronas e sofás mais altos, visto que idosos podem ter dificuldades ao sentar e levantar. Poltronas elevadas garantem maior conforto durante o período de espera.

Odontohebiatria

A adolescência é uma fase marcada por intensas transições, e o espaço voltado a esse público deve se ater aos conceitos modernos e inteligentes. Seu consultório deve manter-se funcional e estimulante. Afinal, esse é um paciente que demanda um nível de empatia e engajamento muito maior.

Para alcançar resultados e evitar a evasão e abandono do tratamento, aproveite todas as ferramentas possíveis para alcançá-lo.

Odontopediatria

Consultórios com temática infantis devem levar em consideração o conforto dos pequenos pacientes e de seus pais e acompanhantes. O ambiente deve ser lúdico e tranquilizador.

Uma tendência, vista com frequência, são as salas de espera com passatempos interativos, painéis sensoriais e quadros negros. As televisões, claro, continuam em alta, mas agora os desenhos devem ser educativos. O foco principal é a temática odontológica voltada à prevenção, com personagens como Caillou e Peppa Pig.

Mesmo com todas essas dicas, é importante que você tenha em mente que, para conquistar o espaço dos sonhos, o ideal é que você consulte um profissional para desenvolver e executar o projeto.

O profissional poderá alinhar as suas expectativas com as principais tendências de decoração para consultórios odontológicos e, a partir daí, trabalhar focando aspectos de ergonomia, conforme as normas da Vigilância Sanitária em vigor. Afinal, decorar não é uma ciência exata, e seguir um plano minimiza as chances de algo dar errado!

Quer receber nossas novidades? Deixe seu e-mail.

Deixe um comentário