Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar
Nome de consultório odontológico: como criar o seu?

Nome de consultório odontológico: como criar o seu?

Escolher o nome do consultório odontológico nem sempre é tarefa fácil, afinal, em poucas palavras, você precisa transmitir uma mensagem e criar uma identidade sobre o seu negócio e especialidade e, ainda, criar lembrança na mente das pessoas.

Apesar de ser uma tarefa que pede por criatividade e objetividade, existem diversas linhas que você pode seguir e que, com certeza, irão trazer boas ideias.

Para ajudar você a fazer a escolha certa, preparamos algumas dicas de como escolher o nome ideal para o seu consultório odontológico. Boa leitura!

Qual a importância do nome do consultório odontológico?

Já aconteceu de você encontrar um negócio com um nome que não dizia nada sobre a área de atuação? Provavelmente, sim, pois isso é bem comum. Perante uma situação dessas, muitas pessoas podem não se interessar ou ficarem em dúvida e, assim, diminuir as chances de se tornarem clientes ou pacientes do local.

O nome é parte fundamental da identidade do seu consultório odontológico e, em geral, é uma das primeiras coisas que o seu paciente sabe sobre você. Portanto, ele deve ser bem sugestivo e, de cara, permitir que a pessoa saiba um pouco mais sobre qual serviço irá encontrar ali.

O nome, além de inconfundível, é algo que fica na memória e faz com que você seja rapidamente lembrado.

Como escolher nome para clínica odontológica?

O processo de dar nome a um negócio é chamado naming, palavra inglesa que, literalmente, significa nomear. Como já dissemos no início deste artigo, não é algo simples e requer muita pesquisa, criatividade, rascunhos e, até mesmo, autoconhecimento sobre o seu consultório e objetivos.

Em seguida, você confere dicas de como dar início ao processo.

Faça um brainstorming

O brainstorming é um conceito muito conhecido dentro da publicidade e, em uma tradução literal, significa uma tempestade de ideias. Ou seja, é um momento de trazer vários pensamentos, sem ter muitos critérios. O propósito é reunir o máximo de ideias possíveis e, em seguida, escolher algumas interessantes e desenvolvê-las.

Dentro da publicidade é muito comum esse momento e, em geral, ele acontece em grupo, partindo do pressuposto de que “duas cabeças pensam melhor que uma”. Portanto, você pode pedir ajuda a amigos, familiares ou, se tiver, sócios.

Caso seja uma clínica apenas sua, também é possível pensar sozinho. Você pode começar por escrever em um papel o seu nome completo, a sua especialidade, quais os valores e ideais que você, enquanto profissional, tem ou gostaria de desenvolver. Esses pontos devem ficar bem visíveis para que sirvam como inspiração.

Mulher negra fazendo planejamento com adesivos

O brainstorming na companhia de outras pessoas é ótimo para criar nomes para o seu consultório odontológico.

Em seguida, é bem provável que algumas ideias comecem a surgir. Deixe-as todas anotadas e marque aquelas que mais agradou. Se você achar necessário, continue as próximas dicas que daremos para enriquecer o conceito do seu naming.

Inspire-se na sua especialidade

A sua especialidade também pode ser uma excelente fonte de inspiração! Há muitas clínicas que usam essa opção e conseguem unir o nome da área de atuação com outras palavras que acrescentam personalidade.

Uma fórmula básica e mais direta é a clínica carregar o seu nome e, em seguida, a sua especialidade. Por exemplo, Ana Soares — odontopediatria.

É claro que essa escolha pode acabar por cair em clichês e em ideias comuns, mas, ainda assim, não deve ser totalmente retirada da sua lista de nomes para consultório odontológico.

Faça uma pesquisa de mercado

Fazer uma pesquisa de mercado é sempre essencial para quem está começando um negócio, independentemente da área de atuação. Entretanto, esse processo é bastante técnico e o ideal seria contar com o auxílio de profissionais da publicidade para orientá-lo e tornar esse levantamento mais rico.

É importante compreender como a sua concorrência se apresenta, quais sonoridades fazem sentido para a área, se o nome seria facilmente identificado pelo público e se os pacientes teriam uma boa adesão.

Escolha um nome curto e de fácil memorização

Nomes curtos são rapidamente memorizados. Basta pensarmos em algumas grandes marcas que estão no mercado e rapidamente encontramos essa característica, como Nike, Coca-Cola, Google e Amazon.

É claro, pensar em um nome original, objetivo e curto não é nada fácil e requer muitas ideias, inspirações e anotações. Até alcançar esse objetivo, será necessário muito brainstorming e, mais uma vez, vale contratar a ajuda de um profissional.

Além de nomes curtos serem o ideal, é preciso que eles sejam de fácil memorização. Ou seja, fuja de nomes muito complexos, de grafias e pronúncias estrangeiras e que não irão ficar na cabeça do paciente.

Por exemplo, se o seu sobrenome for estrangeiro, algo como “Shevchenko”, talvez seja melhor deixar de fora, pois dificilmente os pacientes irão saber a grafia correta, assim como a pronúncia.

Estude a semântica das palavras

A semântica é a parte da língua portuguesa que estuda o significado das palavras. Claro, não estamos sugerindo que você se torne um linguista para conseguir escolher o nome do consultório odontológico! Mas vale a pena ir um pouco além e buscar conceitos que possam fazer sentido para a sua clínica.

Homem negro estudando por anotações

Estudar semântica de palavras relacionadas ao mundo da odontologia pode ser um caminho para encontrar nomes de clínicas.

A língua portuguesa pode ser muito complexa e, em alguns casos, uma palavra pode ter mais de um significado. Portanto, convém ficar atento a isso para que as pessoas não tenham interpretações erradas do seu naming.

Mantenha sempre um bom dicionário do seu lado e não deixe de se questionar e fazer pesquisas conforme forem surgindo ideias de palavras. Aliás, isso até pode gerar novos pensamentos, conforme você aprende mais a fundo significados e confere sinônimos.

Pense em conceitos

Conceitos também podem ser bem interessantes e ótimos para fugir dos clichês. Pode até ser um pouco complexo, pois será necessário formular uma ideia bem elaborada para evitar que os pacientes tenham interpretações erradas ou que não foram do seu objetivo.

Com a ajuda de uma agência de publicidade, você pode adquirir ótimas formulações de conceitos. Esses profissionais irão criar uma ideia, trazer justificativas e pensarão em todos os detalhes que, para quem não atua na área, podem passar despercebidos.

Confira a disponibilidade do nome!

Conforme você vai tendo boas ideias, convém consultar a disponibilidade do registro de nome fantasia antes de decidir prosseguir com a escolha. Essa etapa é importantíssima para evitar qualquer problema com nomes já escolhidos e direitos autorais.

Para conferir a disponibilidade, você pode acessar o site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e, em seguida, o site da Junta Comercial do seu Estado.

Você pode também realizar buscas no Google e verificar se há consultórios com o mesmo nome ou similares — lembrando que esse tipo de pesquisa não é oficial, como as duas citadas anteriormente.

O que não fazer durante a escolha do nome?

Tão importante quanto saber o que fazer, é o que não deve ser feito. Ter isso em mente antes mesmo de começar o processo de escolha do nome da clínica irá fazer com que você trilhe o caminho correto e não precise de retrabalho.

Utilizar geradores de nome

Os geradores de nome podem parecer uma luz no fundo do túnel para quem não consegue obter boas ideias. Entretanto, por ser algo feito automaticamente por uma máquina, não será um trabalho personalizado e que condiz, de fato, com a sua proposta.

Além disso, é importante lembrar que são nomenclaturas muito genéricas e as chances de outras pessoas criarem nomes iguais ao seu é bem grande.

Sem dúvidas, originalidade é algo que não combina com geradores de nome.

Usar nomes similares à concorrência

Pode acontecer de você ter uma ideia incrível mas, ao verificar, o seu concorrente tem um nome muito similar. Nesses casos, é importante repensar o uso desse naming.

Mulher branca dentista em consultório odontológico

Saber o que evitar também é necessário para trilhar um bom caminho até o nome ideal.

Primeiro, porque a concorrência pode sentir que você está tentando fazer plágio ou “imitar” a proposta. Segundo, os pacientes podem ficar confusos entre os dois nomes e não saber distinguir qual é qual.

Bônus: tipos de nomes

Além dessas dicas que demos, você pode tentar encontrar o nome do consultório odontológico pensando em alguns tipos já pré-existentes. Vamos explicar melhor:

Descritivo

Este tipo já é bem sugestivo e sobre nomes que indicam do que se trata o serviço. Por exemplo, consultórios com nomenclaturas associadas à área de atuação.

Toponímicos

Nomes que fazem referência à vida onde estão situados. Há muitos comércios que seguem essa linha, mas, na saúde, não é algo tão comum.

Patronímicos

Muito comuns, são escolhidos a partir do nome de pessoas. Entretanto, tome cuidado! Se o seu sobrenome ou nome tiver escrita complexa, isso pode ser bem negativo, como já explicamos.

Seguindo essas dicas, escolher o nome do consultório odontológico será muito mais simples e certeiro! Lembre-se de estabelecer um prazo tranquilo para fazer isso, assim, nada sairá às pressas, e sim de acordo com o planejado.

Além de escolher o nome da clínica odontológica, é importante também pensar no marketing para divulgá-la. Todas as estratégias utilizadas no mundo digital devem passar o mesmo conceito e estar casadas perfeitamente com o seu propósito.

Clique na imagem abaixo e baixe gratuitamente o nosso e-book “Marketing para dentistas: o guia completo para a sua clínica” e descubra como aplicar boas ações para divulgar o seu consultório.

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio