Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar
Moldagem com silicone de adição: como ter um bom resultado

Moldagem com silicone de adição: como ter um bom resultado

Quando o assunto é moldagem, o silicone de adição é um dos materiais mais utilizados pelos profissionais. Afinal, o produto oferece muitas vantagens, como alta precisão, excelente capacidade de reprodução de detalhes e estabilidade dimensional, além de ser mais fácil de manipular do que o silicone de condensação.

Mas para alcançar todos esses benefícios, é preciso saber as técnicas certas para uma boa moldagem com silicone de adição. Com a prática e o produto ideal, você atinge um molde preciso e fiel para os seus estudos de caso.

Neste artigo, você irá encontrar dicas de técnicas e produtos para um bom trabalho com o silicone de adição. Boa leitura!

Como fazer a moldagem perfeita?

Existem diversas técnicas corretas para a moldagem com silicone de adição. Você apenas precisa encontrar aquela que está mais alinhada com o seu dia a dia e combina com as suas necessidades.

E claro, é importante lembrar que existe uma combinação de fatores que geram um bom resultado. Por isso, vamos aprofundar mais o assunto. Confira:

Técnicas de moldagem

Apesar de haver um bom leque de opções em técnicas, as mais utilizadas para a moldagem com silicone de adição são a de estágio um (simultânea) e estágio dois. Para ambos os procedimentos, você vai precisar usar dois silicones de consistências diferentes.

Na de estágio um, a moldagem é feita de forma mais rápida e com a aplicação do silicone pesado e leve ao mesmo tempo. Já na técnica de estágio dois, os silicones são moldados em momentos distintos e é feito um alívio no silicone pesado para encaixar o leve.

Há também outra técnica que pode ser uma boa opção, a monofásica, que consiste na aplicação do silicone diretamente na boca do paciente para tirar o molde. Ela é muito prática, fácil e pode ser feita com apenas um silicone.

Materiais de moldagem de silicone de adição

Os materiais utilizados durante a moldagem também merecem um cuidado redobrado, já que podem influenciar o resultado. Começando pela escolha das luvas: utilize sempre a de vinil ou nitrila, nunca a de látex.

As luvas de látex contêm enxofre e essa substância pode ser transferida para o preparo dentário e os tecidos moles adjacentes. Além disso, esse composto afeta a polimerização, pois pode contaminar o catalisador e retardar ou extinguir o processo.

Para que a moldagem tenha um resultado mais perfeito, sem bolhas e rasgos, troque a espatulação manual por uma pistola automisturadora, que apresenta uma série de vantagens, como:

  • Menor possibilidade de erro no proporcionamento e homogeneização;
  • Menor possibilidade de contaminação;
  • Menor incorporação do ar.

Além desses materiais para moldagem com silicone de adição, são necessários a moldeira, placa de vidro para manipulação, espátula e lecron.

Apesar de um preço mais elevado, o silicone de adição oferece benefícios que facilitam e melhoram o trabalho em moldagem.

Apesar de um preço mais elevado, o silicone de adição oferece benefícios que facilitam e melhoram o trabalho em moldagem.

Afastamento gengival

O afastamento gengival é importante para um bom resultado de moldagem, pois possibilita a visualização perfeita da linha de término dos preparos coronários durante a preparação da moldagem e, como consequência, uma peça protética mais fiel.

Para fazer o afastamento gengival, o dentista pode optar pelos meios químicos, mecânicos e mecânicos-químicos. Para a moldagem com silicone em adição, a técnica mais utilizada é mecânica ou mecânica-química, através do uso do fio de retração, com ou sem hemostático.

O uso do fio retrator dentro do sulco permite uma expansão de 0.5 mm, que é indicado para uma moldagem com silicone de adição. Assim, você evita rupturas ou espaços vazios nas margens cervicais.

Respeite o tempo do silicone

Outra dica de ouro é deixar o silicone de adição no tempo de vazar correto. Talvez você já tenha se deparado com algum molde que apresenta sulcos ou bolhas. Isso acontece pela liberação de hidrogênio depois de vazar o modelo. Portanto, é muito importante que você siga rigorosamente o tempo indicado pelo produto.

Pode parecer algo muito óbvio, mas é comum que os cirurgiões-dentistas percam a noção do tempo com os outros afazeres da clínica.

Características do silicone de adição

Agora que você já conferiu algumas dicas e materiais essenciais para a moldagem em silicone de adição, vamos listar vantagens e desvantagens do produto. No começo do artigo, citamos algumas e agora iremos apresentar outras:

Vantagens:

  • Tempo de presa curto
  • Vazamento mais rápido
  • Resistente a deformações e rasgamentos

Desvantagens:

  • Alto custo
  • Menos flexibilidade ao remover o molde da boca
  • Corre risco de não ter a polimerização se for usado com luvas de látex

Silicones de adição para conhecer

Para finalizar, separamos sugestões de silicones de adição que valem a pena testar em seu consultório. Confira:

Todos os silicones de adição citados estão disponíveis no site da Surya Dental. Clique no banner abaixo para conferir esses e outros produtos odontológicos!

banner proutos odontologicos

Summary
Moldagem com silicone de adição: como ter um bom resultado
Article Name
Moldagem com silicone de adição: como ter um bom resultado
Description
Vai realizar uma moldagem com silicone de adição? Aprenda neste artigo dicas importantes para um bom resultado.
Author
Publisher Name
Blog Surya Dental
Publisher Logo

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio