Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Acessibilidade em Clínicas Odontológicas

O planejamento da estrutura física do seu consultório é primordial para o funcionamento de forma adequada. Um fator essencial na elaboração do projeto para sua clínica odontológica é a acessibilidade. Acessibilidade é a condição para utilização, com segurança e autonomia, total ou assistida, dos espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, das edificações, dos serviços de transporte e dos dispositivos, sistemas e meios de comunicação e informação, por pessoa portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida (ABNT NBR 9050; 2004).

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2010), com base no Censo Demográfico, no Brasil há cerca de 45,6 milhões de brasileiros com mobilidade reduzida, ou seja, quase 24% da população brasileira tem alguma deficiência. Desses, 35.791.488 apresentam problemas visuais, 13.273.969 dificuldade motora, 9.722.163 perda auditiva e 2.617.025 com deficiência mental/intelectual. Por conta desta realidade, a inclusão de pessoas com deficiência deve acontecer em todos os lugares, inclusive nas clínicas odontológicas.

Ao elaborar um projeto, é necessário propor um ambiente mais inclusivo e acessível, com espaços adequados às exigências e as necessidades de seus usuários. Projetar os móveis, a sala de espera, o consultório, os banheiros, os corredores e os espaços estruturados para que Portadores de Necessidades Especiais não tenham dificuldades é fundamental. Neste processo, é importante conhecer as dimensões de uma cadeira de rodas e suas necessidades de giro e rotação, para possibilitar que os cadeirantes efetuem manobras. Deve possuir também ambientes adequados para crianças, idosos, pessoas com carrinho de bebê, entre outros.

A Portaria 3.284, de 7 de Novembro de 2003, determina os requisitos mínimos de acessibilidade com respeito aos portadores de deficiência física. Eliminar barreiras arquitetônicas para circulação; reservar vagas em estacionamentos nas proximidades; construir rampas com corrimão ou colocar elevadores; adaptar portas e banheiros com espaço suficiente para permitir o acesso de cadeira de rodas; colocar barras de apoio nas paredes dos banheiros e instalar lavabos e bebedouros em altura acessível aos usuários de cadeira de rodas são algumas das medidas necessárias.

Dessa forma, os profissionais da área odontológica devem apropriar-se das normas técnicas que orientam a adequação dos ambientes. Todo consultório ou clínica deve possuir um projeto arquitetônico que alinhe biossegurança, ergonomia e atenda as necessidades de todos os pacientes, possibilitando que os profissionais promovam saúde de forma segura e humanizada.

 

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Feito por Nerau Studio