Decoração para consultório odontológico: 11 dicas para aplicar

Sala de atendimento em consultório odontológico

Preparar a decoração para o consultório odontológico, além de ser divertido, deve ser algo levado muito a sério e feito de forma estratégica. Afinal, é por meio dela que o seu paciente começa a construir uma imagem sobre você e, por isso, é essencial que cause boa impressão.

A decoração também é uma forma de se comunicar com os seus pacientes e apresentar um pouco do seu trabalho, assim como a sua personalidade. Entretanto, para garantir esse efeito, é necessário pensar em cada detalhe na hora de compor o visual do seu consultório.

Para ajudar você, separamos 11 dicas para caprichar na hora de montar o visual do seu consultório.

1. Aposte nas cores

A recepção é uma área comum onde os pacientes e seus acompanhantes ou familiares permanecerão por algum tempo. Por isso, é necessário escolher cores que transmitem tranquilidade.

Por muito tempo, o branco costumava ser a cor utilizada em consultórios, porém pode não ser a ideal. Para pessoas que têm medo de dentista, ela pode surtir o efeito contrário, e ao invés de tranquilizar, pode gerar uma maior agonia. Além disso, torna o ambiente mais sério e menos descontraído.

A decoração para o consultório pode seguir a psicologia das cores.

Uma dica é conhecer um pouco mais sobre a psicologia das cores, ou seja, os efeitos que cada tom causa nas pessoas. Dessa forma, você poderá encontrar nuances que tenham tudo a ver com você e com a mensagem que quer transmitir para os seus pacientes. Veja:

  • Amarelo: alegria, otimismo, calor, criatividade, relaxamento. Também pode significar perigo ou um chamado de atenção.
  • Azul: paz, tranquilidade, confiança, conservadorismo, segurança, limpeza, tecnologia e frio. Pode também passar a sensação de tristeza.
  • Branco: paz, limpeza, tranquilidade, minimalismo.
  • Laranja: energia, bom humor, calor e entusiasmo.
  • Marrom: acolhimento, terra e conforto.
  • Prata: elegância, tecnologia e sofisticação.
  • Preto: sofisticação, formalidade e modernidade. Porém, pode significar tristeza.
  • Roxo: misticidade, criatividade, sensibilidade e sabedoria.
  • Verde: calma, sustentabilidade, harmonia, saúde, vida, cura e autoconsciência.
  • Vermelho: paixão, amor, energia, excitação. E também raiva, perigo, sangue e violência.

Como podemos ver, praticamente todas as cores podem representar tanto coisas positivas quanto negativas. O segredo para conseguir passar uma mensagem otimista é saber utilizar os tons na decoração.

Ao invés de apostar em nuances intensas, prefira os tons mais claros. Por exemplo, se utilizar amarelo, vá para o pastel.

Além disso, você pode complementar cores e criar belas combinações. E isso pode ser tanto nos tons das paredes, como nas complementações entre os itens.

2. Pendure quadros

Decorar o consultório odontológico com quadros pode dar um descanso visual aos pacientes na recepção, funcionando como uma distração. Além disso, eles tornam o ambiente mais alegre, tirando a seriedade e transmitindo melhor a personalidade do consultório.

O ideal é que essa decoração tenha temas relacionados à Odontologia, porém também é possível escolher artes mais minimalistas ou abstratas. Evite desenhos que não combinem com as cores ou a temática do ambiente.

Muitos dentistas gostam de pendurar os diplomas referentes a seus cursos e especializações, porém, no que diz respeito à decoração, nem sempre é o mais recomendado. O excesso de letras pode causar poluição visual. Se for o caso, escolha apenas um ou dois para representar toda a experiência profissional.

Se o seu consultório atender no ramo da odontopediatria, os quadros decorativos podem ser grandes aliados da prática de manejo comportamental por meio da técnica de imagens positivas.

Ou seja, você escolhe imagens que incentivem as crianças e que passem tranquilidade e felicidade, por meio de fotos ou de desenhos relacionados ao universo da odontologia.

Composição de quadros decorativos

Para que o seu consultório fique com uma boa estética, você pode apostar em técnicas de composição de quadros. Apesar de ser algo simples, fará toda a diferença no ambiente!

Se for montar um mix de quadros, a primeira dica é que ele sempre deve ficar na altura dos olhos. Se for pendurá-los acima de móveis, faça 10 centímetros para cima.

Outra dica é selecionar molduras, estilos e tamanhos diferentes, pois isso enriquecerá o mix. Lembre-se de atentar-se à paleta de cores escolhidas para o consultório, de forma que não destoe da decoração.

Dois quadros pendurados na parede por cima de um móvel
Os quadros decorativos são ótimos para dar mais vida ao ambiente.

3. Invista na recepção

O termo “sala de espera” costuma referir-se a fatores negativos. Além de indicar que sua consulta pode demorar, soa como um local frio. Por isso, sempre trate esse ambiente como uma “recepção”, indicando que você pretende receber bem os pacientes.

Transforme-a em um local bem equipado, com uma boa decoração, revistas, televisão e internet. Evite deixar espaços em branco nas paredes e mostre ao paciente que ele é bem-vindo naquele local. Não se esqueça de disponibilizar um bom número de cadeiras, que possa acomodar a todos.

É nesse local onde ocorre o primeiro contato com o paciente, portanto, lembre-se de manter o ambiente sempre organizado e higienizado.

A decoração da recepção do consultório odontológico deve ser confortável.

4. Escolha a iluminação certa

Como já dito anteriormente, a cor branca pode causar certo mal-estar nos pacientes que aguardam na recepção. E além das cores das paredes, essa sensação pode se originar das luminárias.

Nesse caso, procure valorizar a iluminação natural das janelas e portas do consultório. Ela traz uma sensação de mais vividez, retirando um pouco da carga que o paciente possa sentir, e ainda economiza energia elétrica.

Além de optar pela luz natural, é necessário também atentar-se às normas de ergonomia sobre iluminação, que deve estar de acordo com as atividades realizadas no espaço.

Por exemplo, na recepção, a secretária trabalha no computador, faz anotações e tem outros papéis, portanto, é necessário uma iluminação que ofereça conforto aos olhos, não faça sombras e não ofusque.

Convém contar com a ajuda de um arquiteto para que ele possa orientar e providenciar o melhor tipo de iluminação, considerando que existem diversas opções no mercado.

Dentro da sala de atendimento é necessário cumprir rigorosamente as regras de iluminação.

5. Opte por móveis utilitários

A praticidade é um fator importante e que muitas vezes não é levado em conta quando se pensa na decoração de um consultório odontológico.

Por essa razão, ao invés de móveis grandes e que ocupem espaço, prefira os que sejam utilitários e compactos. Independentemente do tamanho do consultório, isso deve manter o ambiente mais harmônico e organizado.

Evite armários e gavetas de sobra, pois a tendência é que, com o tempo, muitas coisas fiquem armazenadas, causando uma desorganização.

Existem diversos objetos de decoração para o consultório odontológico ficar mais elegante.

6. Valorize a ergonomia

Ergonomia e decoração devem andar de mãos dadas, por isso, que tal fazer escolhas pautadas nesses dois pilares?
Começando pela recepção, escolha os assentos da secretária de acordo com as normas ergonômicas. Ou seja, selecione cadeiras com apoio para a lombar, braços e regulagens que possam ser adaptadas de acordo com a estrutura de cada recepcionista.

Atualmente, é possível encontrar esses móveis com qualidade e design sofisticado, o que não irá prejudicar em nada a estética do espaço.

O balcão de trabalho também deve levar isso em consideração, portanto, aposte naqueles que ofereçam uma bancada de trabalho acoplada.

A altura da mesa de trabalho indicada para mulheres é de 65 centímetros, e para homens, 70 centímetros.

Dentro do consultório, a decoração também deve ser feita de acordo com as normas ergonômicas, especialmente porque os dentistas têm grande prevalência a desenvolverem inflamações e outros problemas por movimentos repetitivos e longas jornadas de trabalho.

No blog da Surya Dental, preparamos um artigo em que você pode conferir todos os detalhes sobre como organizar o consultório e disponibilizar os móveis dentro dela, de forma que fique funcional para a rotina de trabalho.

7. Respeite as indicações da Anvisa

Além da ergonomia, outro ponto fundamental para a decoração do consultório odontológico são as normas estabelecidas pela Anvisa.

De acordo com o órgão, a sala de espera dos pacientes e acompanhantes deve ter uma área mínima de 1,2 m² por pessoa.

É também recomendado o uso de películas protetoras nos vidros ou brises soleils para a fachada, com o intuito de proteger contra o sol e reduzir o acúmulo de poeira. Entretanto, o uso de persianas e cortinas é permitido, mas deve haver uma rotina de limpeza de forma rigorosa.

8. Aposte em móveis e itens diferentes

Para fugir do comum, nada como investir em móveis e itens decorativos diferenciados. Sem dúvidas, isso chamará a atenção dos pacientes e os manterá entretidos até o momento da consulta.

Para fazer a escolha certa, é interessante pensar em linhas de decoração. Por exemplo, o estilo mais industrial pode contar com móveis minimalistas e modernos, de linhas mais rígidas, cores acolhedoras e combinação de materiais.

Já para os itens decorativos, nada como ficar atento às últimas novidades do mercado. Atualmente, existe uma gama de objetos que, além de enfeitar, ainda oferecem alguma funcionalidade, como letreiros e luminárias.

O vídeo do canal Dicas Para Dentistas é uma ótima referência de sala de espera que foge do convencional. Vale a pena assistir e se inspirar!

9. Atente-se aos protocolos de distanciamento social

É inevitável falar o quanto a pandemia transformou o nosso estilo de vida e, claro, isso se estende para a decoração do consultório odontológico.

A decoração deve ser feita de forma inteligente para também oferecer segurança para as pessoas que ocupam um determinado ambiente.

Na sala de espera, lembre-se de organizar as poltronas com distância de, no mínimo, 1 metro entre elas. Caso sejam longarinas, coloque faixas e avisos de interditado entre as cadeiras.

Outro aspecto essencial neste momento é o minimalismo. Diminuir os itens decorativos e optar por móveis com design clean auxiliam a manter o local mais limpo e, portanto, com menos chances de ter superfícies contaminadas.

Retirar as revistas das mesinhas de centro também é necessário, por isso, disponibilize televisão e wi-fi livre para que os pacientes possam manter-se entretidos enquanto aguardam, sem abrir mão da segurança.

10. Crie um espaço para as crianças

As crianças também fazem parte da cartela de clientes de um consultório, portanto, é interessante proporcionar um espaço exclusivo para elas.

Se a sua sala de recepção não for espaçosa, ofereça, ao menos, uma mesinha com papel, lápis de cor e pequenos brinquedos para que elas fiquem entretidas.

Para consultórios maiores, vale a pena verificar a opção de criar uma pequena sala apenas para elas. Nesse espaço, você pode decorar as paredes com adesivos, desenhos ou cores vivas, forrar o chão com tatame colorido e disponibilizar um baú de brinquedos.

Importante: durante o período de pandemia, esse local pode ser uma zona de perigo, considerando que crianças tocam em tudo e têm grandes chances de colocar brinquedos na boca. Uma alternativa é interditar o espaço temporariamente ou, então, diminuir o número de objetos e controlar o total de pacientes no ambiente

11. Decore de acordo com a especialidade

A sua especialidade pode ser uma verdadeira fonte de inspiração! Afinal, sempre há muito o que dizer sobre ela, sem ser técnico demais.

Um bom exemplo disso é a área de ortodontia. Se esse for o seu ramo, poderá apostar em quadros com pessoas sorrindo de aparelho, espalhar pelo consultório alguns bichinhos com aparelho, como os da Funmask, disponíveis no programa de fidelidade Surya Club.

Se você atua mais focado em cirurgias, quadros de anatomia podem ser bem interessantes e atraem a atenção dos pacientes.

Outro exemplo clássico são os consultórios infantis. Nessa especialidade, o que não faltam são ideias para deixar o espaço mais animado e pronto para receber os pequenos de forma divertida.

Tão importante quanto prestar um bom atendimento é investir na decoração de um consultório odontológico. Dessa forma, será possível receber bem e trazer conforto a todos os pacientes.

Se você gostou dessas dicas, clique na imagem abaixo e veja mais conteúdos no blog da Surya Dental!

cta banner blog Surya

Marketing Surya

Total
152
Shares
2 comentários
  1. De facto para que uma consulta ocorra bem para alem de um bom diagnostico, o visual do espaco e a forma da recepcao, mata a dor de forma psicologica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo anterior

Bichectomia: Cirurgia para redução das bochechas

Próximo artigo

Aura: Um novo conceito restaurador para simplificar a técnica de uso de resinas composta

Posts relacionados