Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Surya Dental

Dentista recém-formado: 5 dicas importantes para sua carreira

Para quem pretende começar uma carreira na Odontologia, completar a graduação é um passo essencial, porém é apenas o primeiro de muitos desafios. Ingressar no mercado de trabalho trará dúvidas e dificuldades, muitas vezes não tão simples de resolver.

Neste post, separamos cinco dicas importantes para quem está começando a carreira como dentista recém-formado. Boa leitura!

1. Continue se atualizando

Mesmo após o término da faculdade, os estudos são algo importante na vida de um cirurgião-dentista. Sempre será possível aprimorar e aprender novas técnicas e se atualizar a respeito das novidades na área.

Leia livros da área, frequente cursos de aperfeiçoamento, vá a congressos de Odontologia, acesse portais e blogs especializados e assista conteúdo relacionado na internet sempre que possível. Além disso, se você tiver seu próprio consultório, estude sobre empreendedorismo e administração, pois isso auxilia a gerenciar as questões financeiras e o estoque, por exemplo.

2. Faça uma especialização

Com o desenvolvimento do mercado, muitos pacientes têm procurado especialistas para tratar de seus problemas bucais. Estagnar-se no bacharelado, portanto, com um título generalista, pode não suprir essa demanda.

Após o término da faculdade, fazer uma especialização será uma forma de se destacar no mercado, que está saturado de profissionais pouco capacitados. Será um diferencial e poderá dar um norte à sua carreira.

dentista recém-formado

Faça uma especialização para se destacar no mercado. Foto: Freepik

3. Construa uma rede de contatos

Uma das palavras que tem se popularizado pelo mundo corporativo nos últimos anos é networking, que pode ser traduzida como “rede de contatos”. Esse é um fator determinante na carreira de um profissional, inclusive para um dentista recém-formado.

Construir uma rede profissional pode servir de auxílio em diversas situações: desde a troca de experiências e conhecimentos até o marketing de indicação dos seus serviços. Lembre-se que vocês têm problemas em comum, e que a ajuda de pessoas da mesma área pode ajudar a resolvê-los.

Comece mantendo o contato com seus colegas de faculdade, que também são dentistas recém-formados, e sendo solícito quando precisarem de ajuda. Certamente, eles retribuirão quando puderem. Sempre que possível, frequente palestras e congressos odontológicos e converse com outros profissionais.

dentista recém-formado

4. Trabalhar em um consultório ou montar o próprio

Essa é uma dúvida constante para todo dentista recém-formado. E na realidade, independentemente do momento da carreira, não há uma resposta certa, já que essa questão depende do perfil de cada profissional.

dentista recém-formado

Para montar o próprio consultório, será necessário ter interesse por questões de gestão e empreendedorismo. Foto: Freepik

Se você se interessa por gestão e tem um perfil empreendedor, abrir seu próprio consultório pode ser uma excelente opção. Mas lembre-se que isso exigirá uma série de competências além da Odontologia.

Apesar de parecer mais lucrativo e atrativo, se você não tiver esse tipo de personalidade, pode acabar tendo um grande prejuízo. Portanto, não pense dessa maneira. Além disso, será necessária uma autoconfiança maior, uma vez que você não terá um profissional experiente lhe auxiliando.

Se você não pretende ter consultório próprio, procure uma vaga na clínica de um colega. Certamente, você poderá adquirir conhecimento e será um grande aprendizado profissional. Nada impede que, após alguns anos atuando, você abra o seu próprio negócio.

Pesquise outras possibilidades, como concurso público ou auditoria em convênio odontológico, e verifique qual chama mais a sua atenção.

5. Monte um bom currículo

O currículo é a apresentação de um profissional. Por meio desse documento, o contratante avaliará se vale ou não a pena ouvir o que você tem a dizer em uma entrevista. Faça um currículo que traduza bem as competências que você poderá oferecer à empresa.

Para montar seu currículo, seja direto e não acrescente informações desnecessárias, pois isso pode atrapalhar o recrutador no processo de análise. Procure seguir um modelo e preencher tudo corretamente.

Mesmo não tendo muita experiência profissional, não minta as suas habilidades. Elas serão descobertas durante o processo seletivo, podendo levar à sua desclassificação.

Clique no banner abaixo para conferir dois modelos de currículos para dentistas recém-formados. Basta escolher o seu preferido e preenchê-lo!

dentista recém-formado

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Feito por Nerau Studio